terça-feira, 27 de maio de 2008

Primavera Musical



Tio vencedor do Folefest 2008

IPJ de Castelo Branco

Sala completamente cheia de crianças do 1º ciclo. Ruído, mas não por aí além, dadas as circunstâncias.

Na plateia houve quem não tenha gostado de um espectáculo destes para estas crianças. Mas o que é melhor? Um concerto para uma dúzia de amigos ou a sala cheia de gente? Ruidosa por vezes, é verdade, mas é assim que se criam públicos, encarando-os de frente, com muito trabalho, ensinando-os a comportarem-se numa plateia.

Por vezes esquecemos, que exigimos determinados comportamentos, mas que ainda ninguém, antes, tinha falado sobre eles.

Parabéns Carlos Semedo, por teres arriscado. Quanto a mim, ganhaste claramente esta aposta, e eu sei do que estou a falar, porque conheço estes públicos, noutros contextos.

De adultos, a divertirem-se, se calhar não tinhas uma sala assim.

E, estas crianças, nem sequer deixaram os programas no chão, levaram-nos com eles.

Uma palavra final, para os músicos, que fizeram uma belíssima actuação, e que talvez, por estarem concentrados no que estavam a fazer, nem deram conta do ruído das crianças.


3 comentários:

AP disse...

Carlos, fiquei fã ;)

Então, logo da primeira vez que aqui venho, encontro um post sobre música!? Uau... mas olha que já conhecia esta tua "mania"... reparo nela nas reuniões (LOL)!

Quanto à aposta do Semedo, estou convencida que dará os seus frutos, mas tenho pena de, àquela hora, não ter podido estar presente :( Sei que o Trio tem trabalhado imenso! São, aliás, pessoas incrivelmente talentosas e trabalhadoras. É do que o país precisa...

AP disse...

Ahhh... esquecia-me de te pedir para levar daqui estes desenhos. Posso?

Stalker disse...

Obrigado pelo incentivo. Não é uma situação pacífica.Digamos que fica na fronteira. Há um mínimo de respeito pelos músicos e o seu trabalho, que me pareceu estar assegurado, mas foi muito difícil para eles, embora não parecesse a ajuízar pela sua reacção no final.
Estou absoltutamente contra a total infantilização na comunicação e didáctica junto das crianças e o que procurámos fazer foi oferecer uma música extremamente rica e variada. Foi algo um pouco no limite. Mas ainda bem que gostaste e concordas com a actividade.
Abraço e parabéns por este espaço!